06
Mar 12
Fui este fim de semana a Óbidos. Tenho uma coisa por aquela vila....um je ne sais quoi. Adoro a traça medieval, a cor azul e branca das casas dentro da muralha, as ruas estreitas, as plantas trepadeiras nas paredes, a vista totalmente breathtaking das muralhas... Enfim, um local de sonho No entanto nunca tinha ido lá em nenhum evento, como a feira medieval, a vila de Natal ou o festival do chocolate. E foi a este último que fui. A vila toda está cheia de barraquinhas a venderem os mais diversos tipos de chocolate, decorada com muffins, amendoas, cupcakes e bolos. Alguns de tamanho gigantesco! Animadores vestidos de goluseimas prontos a tirar uma foto com miúdos e graúdos. Este ano houve uma parceria com a Disney, que faz 20 anos, e, como tal, havia montras com o tema Disney, todas feitas em chocolate. No meio do recinto um castelo igual ao da Bela Adormecia, que estava lindooooo. A grande atracção era uma tenda com 6 esculturas de chocolate alusivas a filmes da Disney. À entrada davam-nos um papel para votarmos na nossa favorita. A minha foi dos Piratas das Caraíbas. Os pormenores estavam fun-tásticos!!! A entrada custa 7 euros para adulto e 5 euros para crianças, o que em tempos de crise, achei que era muito. Mas o pagamento a quem faz aquelas maravilhas tem que vir de algum lado, certo? O preço das iguarias varia. Uma metade de ananás cheia de pedaços de fruta, com chocolate derretido anda pelos 5 euros, uma bomboca de qualquer tipo de chocolate 1 euro, um crepe ou um chocolate quente 3 euros. Mas também...é uma vez por ano, certo? Ficou a ideia, não morri de excitação. Acredito que vou achar mais piada à feira medieval. A ver vamos.
Semeado por alaranjacorderosa às 00:59

24
Nov 11
Semeado por alaranjacorderosa às 21:40

04
Nov 11
Menina queria entrada nos 30 em grande!
Menina TEVE entrada nos 30 em grande!

Dia 30 de Setembro....acordar cedíssimo, como é costume para o meu voo low cost com direcção a Ciampino. Voo Ryanair comprado há meses....pechincha encontrada de +/- 60€ ida e volta.
Como Roma é servida por dois aeroportos, sendo o mais conhecido o de Fiumicino (para onde a TAP e a Alitália voam), achei eu que seria mais complicado de arranjar transporte para o centro. Engano...já aqui em Sá Carneiro está um senhor da empresa Terravision a vender os bilhetes de autocarro do aeroporto para o centro de Roma. Ficam ida e volta por cerca de 8€. Se comprarem no site, vai dar à mesmíssima coisa.
Voo sem qualquer novidade a assinalar a não ser a excitação de todos por irmos para a cidade eterna.
Levava tudo planeado, mapa da cidade, mapa das atracçãoes mapa do metro, horários do metro, mapa do apartamento onde iriamos ficar....e um American Express de Itália gentilmente cedido pela Licinha, que me ajudou bastante.

O autocarro deixou-me nas estação Termini, uma das zonas nevrálgicas da cidade. Pézinho em Roma, e deu-me uma vontade de fingir que era o Karol Wojtyla e ajoelhar para beijar o chão. Não, não o fiz! Entramos na estação para apanharmos o metro que nos levaria aos nossos aposentos reais.

Primeiro choque!! O metro de Roma é quaquer coisa de caótico!!!! Milhares e milhares de pessoas a entrar e a sair, a chamar por alguém, a puxar malas, a conversar, a rir....músicos nos corredores e um sem número de turistas a olhar para todos os lados.... Aos encontrões e no meio deste caos, lá fomos seguindo as placas que nos levavam à bilheteira...
Segundo choque!! Colados às cerca de 4-5 máquinas automáticas de bilhetes estão umas pessoas com um ar muuuuuito simpático que mal reconhecem o ar aparvalhado do turista, se predispoem para gentilmente nos ajudarem com os bilhetes de metro. Tiramos um bilhete de 3 dias. Viagens ilimitadas no metro, na primeira linha do comboio e nos autocarros dentro da cidade, por 11 euros. A M. estava a tratar de tirar para 4 de nós, equanto a outra M. tentava tirar bilhetes para os restantes. Os senhores foram indeed muito prestáveis...mas não de borla. Quando saiu o troco de 2€ para a M., o senhor tirou os bilhetes e deu-lhos; pegou na moeda, mostrou-lha e disse "this is for me" e guardou a moeda no bolso!!! MAS ALGUÉM LHE DISSE QUE NÓS QUERIAMOS DAR GROJETA???!!!

(respira....conta até 3....continua até 20....respira....)

Pronto, ok...se calhar aquilo é habitual e o senhor até foi útil.... Metropolitana, here we go!!

Chegados ao apartamento, fiz o check in com o J. e tivemos que pagar uma taxa de 2€ por pessoa / dia. Habituem-se que agora em Roma, Florença e Veneza, esta taxa "turística" vai ser sempre cobrada em qualquer alojamento....

Malas pousadas, roupa trocada e refrescados lá fomos de volta ao metro para descoberta da cidade.
Quisemos ver a Fonte de Trevi imediatamente....esquecemo-nos que a zona de Trevi nao tem paragem  de metro próxima... Saimos em Barberini, e depois de ruas ao engano lá fomos nós ver a famosa fonte de Benini. Um assombro. É tão ou mais bela do que nos filmes...mas o que o cinema não consegue  captar é o ambiente em torno. Milhares de pessoas sentadas a comer gelados, a beber água, a atirar moedas de costas (com a esperança de voltarem a Roma) e muitas, muitas, inúmeras máquinas de fotografar. Estavamos extasiados. E naquele instante decidi que queria que o meu jantar de aniversário fosse naquela zona. Tudo ali é pedonal (exceptuando as vespas que se vêm por todo o lado), tudo ali cheira a turista e a Roma, e a queijo e a vinho, e a Pasta, e a Pizza.....
Por falar em Pizza, no retorno passamos por isto:


Alguém poderia resistir???? :P:P


E foi na rua do lado esquerdo da fonte que deparei com um restaurante muito cosy, com as toalhas de mesa imaculadas e um ambiente que, embora inserido em plena Roma, apontava qualquer coisa ao Hollywwod do preto e branco. Espreitamos a ementa na porta, tudo nos pareceu muito bem. Decidi que no dia seguinte viriamos ali festejar os meus 30 anos!!

Dia seguinte levantamo-nos e fomos para o Coliseu. Bilhete de entrada custa cerca de 12€ com acesso ao Coliseu e ao Forum Romano.
E sim, o Coliseu é qualquer coisa de magnânimo...qualquer coisa de brutalmente gigante. Custa imaginar como ainda se mantém de pé.....e como naqueles corredores ainda com colunas de mármore andou tanta gente e se fizeram tantos combates mortais.
E o Fórum...bem, o Fórum é qualquer coisa. Não tenho grandes palavras para o descrever...caminhar por lá e pensar que ali já foi o grande centro comercial da era Romana...respira-se história de arte em casa pedrinha. O que mais gostei - o Templo de Rómulo.

Preparar para ter sempre um par de sapatilhas extra nos vossos aposentos....Roma é para andar a pé. Muito! Tem colinas, subidas e descidas...tem pó....e tem muito calor!!!

O jantar dessa noite foi então na zona de Trevi, no restaurante That's Amore.
Pequenino....com fotos das grandes divas e dos grande senhores de Hollywood a preto e branco. Papel de parede :)   Música de fundo desde Sinatra a Nat King Cole. Haveria lá coisa mais "a minha cara" do que este pequenino refúgio maravilhoso....
Mas óbviamente que só isto não faria o restaurante inesquecível....
Eramos 7 pessoas.....pedimos 5 pratos diferentes....vieram 5 manjares dos Deuses!! Não dá para explicar como o tempero italino se funde nas papilas gostativas....o queijo perdomina, sim....o tomate também...e o cheiro....meu Deus o cheiro.... Até do carpaccio eu gostei...e, atendendo que não gosto de carne mal passada...comer carne literalmente crua era um exagero. Mas até isso estava delicioso. Regamos tudo com Chianti...aliás...andamos corridos a Chianti quase os dias todos...
E a minha sobremesa foi a última a chegar......pelas mãos dos empregados, todos juntos a cantar os prabéns em Italiano, com as velinhas espetadas na fatia de bolo, e todos a dizerem "auguro". Lindo....foi lindo...e os meus amigos são os maiores!!!!
Voltamos para a fonte Trevi para mais uma sessão fotográfica....e a fonte à noite é ainda mais mágica do que de dia. Vale mesmo muito a pena!!!

Dois dias seguintes passados a ver toda a igreja e ruela possível....aconselho muito, muito o Panteão. É dos monumentos mais bem conservados de toda a Roma e o óculo do tempo é qualquer coisa....a praça em frente é a coisa mais mimosa que existe!!
Piazza Nanova....vale uma tarde inteira passada lá! Comer lá? Nem pensar...um roubo, provavelmente a zona mais cara que encontramos para comer....mas ficar na esplana a beber um vinho e apreciar o trabalho das centenas de artistas que expoem lá as susas obras, vale por tudo! A praça em si é magnífica, e toda a zona central está cheia de cavaletes e barraquinhas com pinturas, serigrafias, fotografias, caricaturas e uma mão cheia de músicos de rua (mas sim, também lá andam os marroquinos a tentar a sua sorte com as imitações de malas). Em suma, qualquer praça de Roma é boa para nos sentarmos e bebermos um copo de vinho...e ficar só a olhar....só a olhar já nos enchea a alma por completo....

Penúltimo dia - Vaticano!
Penúltimo dia - greve dos transportes em Roma!
Foi lindo termos que andar literalmente "à caça" de táxis...mas lá conseguimos, e o senhor táxista deixou-me mesmo em frente à Praça de S. Pedro.....talvez a maior desilusão destas férias, para mim.
Imaginava uma coisa megalómana, tal como eu vejo na TVI quando transmitem qualquer coisa de lá....Imaginava uma praça que mais parecia um abraço a quem lá chega e nos tirava o fôlego.... Nada disso....praça bonita, sim senhor, mas bem mais pequena que a praça de Fátima!!! Pfff.....
Fila para entrar na capela.....detector de metais! que nem com o Senhor se brinca em serviço!!
Cardeal, todo vestido a rigor que passa e nos presenteia com um sorriso :)
"Signora....ombros cobertos por favor", que nem nas igrejas pequeninas nem no Vaticano se pode entrar de mini-saia ou com ombros desnudos....
A Basílica....continuo a achar que é pequena, muito pequena para o que tinha imaginado... "ai não estou a gostar nada disto...lá no Portugal é que sabemos fazer as coisas....tanto dinheiro e é isto"???
E enquanto discutimos o pequeno tamanho (ou não) da igreja, somos levados pela multidão para o lado direito da entrada....e ficamos sem pio!!! À nossa frente surge a Pietá de Miguel Ângelo....verdadeiramente a coisa mais bonita que eu vi naquele dia (me perdoe a Capela Sistina, mas já lá vamos).
De um mármore lindo......feições perfeitas....e o que mais cala....é que Miguel Ângelo teria 23! anos quando a fez.....
O silêncio na igreja é pesado...e vamos começando a andar e a fotografar tudo o que é túmulo de papas....que rivalizam entre si com as esculturas....e grandes, muito grandes que elas são....
Mas nenhum tinha ninguém ajoelhado a rezar.....só um mais à frente. Só um simples túmulo...um quadrado de mármore, com uma tela gigante por cima....algumas velas....e muita gente ajoelhada..... o mais simples deles todos.....para o mais simples dos papas....era o túmulo do Beato João Paulo II. E pela primeira vez emocionei-me naquela igreja do Vaticano. Só por ser quem era....só porque eu gostava tanto dele...e por ver que tanta gente ainda lhe dedica preces....

Fomos seguindo até à estátua de S. Pedro, onde a tradição manda que toquemos os dois pés do santos... À custa disso o coitado já tem os pés tão gastos que nem se notam os dedos....o pé está mais liso que uma folha de papel.... E mesmo ao lado ergue-se o enorme baldaquino de Bernini. Lindo de morrer,inteiramente em bronze, todo trabalhado, com cerca de 30 metros. Por baixo dele fica o altar mor onde o papa celebra a Eucaristia. Imediatamente por baixo dele, fica o túmulo de S. Pedro (visível por uma janela debaixo do altar mor).

(e nesta altura começamos a chegar à conclusão que afinal a basílica não é assim tão pequena....)

Descemos às catacumbas, onde se situam os túmulos de vários papas e o de S. Pedro, o primeiro deles. Quase tudo túmulos de pedra...antigos....nada de coisa espectacular....o de S. Pedro está protegido por um vidro....tem uma urna pequenina onde estarão os restos mortais do primeiro Santo Padre. 
Iriamos à cúpula da basílica, mas a fila era tão grande e estava tanto calor que perdemos a vontade.... Apanhamos os fofinhos da Guarda Suiça a fazerem um render de guarda....gosto tanto daquela vestimenta gay.....e é coisa com a qual não podemos gozar....porque eles são a guarda de Sua Santídade, e ainda por cima são extremamente simpáticos!!
Ponto seguinte - museus do Vaticano.
Os Museus do Vaticano são qualquer coisa. Tirem uma tarde inteira porque vai ser bem precisa! O bilhete de entrada são cerca de 13€ o que é quase de graça para a enormidade de coisas que albergam aqueles museus! Adorei o egípcio, a Sala dos Mapas é qualquer coisa de maravilhosa, as Salas de Rafael são de cortar as respiração... Contado ou fotografado não tem piada nenhuma! Vão! Não se arrependem mesmo!!
E depois de passarmos salas, e salas e corredores.....acabamos a visita de horas na Capela Sistina. Sentiamos o coração num baque disparado enquanto desciamos os últimos degraus....e quando viramos a esquina...PAAAAUUUU.....Miguel Ângelo no seu melhor. Se é bonito? é lindo! se é grande? é enorme! se nos deixa de dor no pescoço? sim...e completamente tontos!!! se se pode tirar fotos?? por todo o lado diz que não....:

Tuga que é tuga tem que tentar fazer uma ilegalidade!!!!

A capela em si não é grande, não sei como cabem lá dentro os cardeais todos na altura do conclave....e não vi onde ficava a espécie de "salamandra" onde eles queimam os votos para eleger o Papa....mas valeu pelos frescos. Sim, é como dizem....lindo! Quase "não deste mundo"...

Que nos faltava ali ao lado do Vaticano? O Castelo de Sant'Angelo e a Ponte dos Anjos. Vááá, quem não viu o filme "Anjos e Demónios"?? E eu queria ver se estava mesmo lá o anjo no cimo do castelo, a apontar para baixo!!! É logo ali ao lado! É giro? Sim....nada de fantabulástico, mas vale pela vista das pontes sobre o rio. A zona de Trastevere (o lado do rio onde fica o Vaticano e o Castelo) é muito bonita, vale a pena o passeio. E siiiim, tem o anjo bem lá no alto a apontar para baixo :)
Atravessamos a ponte e a greve ainda continuava, por isso... pés ao caminho e fomos ter com as ovelhas negras do grupo que não quiseram ir aos museus. Onde? Obviamente outra vez para a Trevi! Não nos cansamos daquela fonte.... E neste último passeio, literamente de uma ponta a outra de Roma, descobrimos que é muito fácil perceber que ruas levam onde. Roma ao fim de 2 dias de andar a pé era já como um livro aberto. Óbvio que o metro é mais cómodo e rápido....mas os passeios a pé trazem muito mais que o destinos final, não é?
Volta para a esplanada perto da fonte....pede mais um vinho e um queijinho....estava calor bom.... ouviamos música na rua.... uiiii, acho que quero um último gellato.....siiiimmmm......e fuma um cigarro enquanto aprecias o anoitecer na bella Roma....

Por falar em anoitecer.....regresso ao apê, banho tomado e rumo ao Coliseu novamente, que queriamos tirar fotos da peça à noite. Jantariamos por lá....
Metro até ao Colloseum, sessão fotográfica nossa e de um casal de noivos que estava lá no jardim (e as fotos deles devem ter ficado liiiindas :D ), e bora correr para um restaurante. Nem procuramos muito porque a fome era negr..., parámos no primeiro que vimos....e jantamos com vista para o Coliseu iluminado à noite. Lindo!!
Menos bonito foi termos descoberto que o metro da linha A vermelha (a tal que atravessa toda a zona historica da cidade) acaba às 9 da noite!!!! Alguém acredita nistoooo????
Bom, turista que é turista também anda de autocarro e lá fomos nós.....viagem quase interminável com a M. a tentar falar italiano para o motorista e a agradecer as indicações dele com um "gracias" :).
Último copo no irish bar perto do apartamento....e cama.....que mesmo sendo tudo fantástico, andamos 4 dias a morrer de cansaço!!

A última manhã é a que custa sempre mais, non è vero? Malas às costas, metro até Termini...autocarro até Ciampino....avião até ao Porto....


E foi assim a comemoração cigana do meu 30º aniversário. Entre tudo isto que aqui fica, houve muito mais coisas que vimos / visitamos / fotografamos.... Mas Roma vale pela impressão que deixa em cada um de nós... O post quero que sirva como aperitivo....e que o voos patro principal seja uma viagem lá!

What's next?????
Semeado por alaranjacorderosa às 22:13

13
Set 11

Estou de todo!!! Escolher o "ristorante" para festejar o meu aniversário, não está a ser pêra doce!
Iria lá eu saber que em Roma há asim...vá...uns 300.000 e cada um com melhor aspecto que o outro? Já vi uns 50! e não me decido.... Único ponto que não abdico: tem que ter Chianti!!!
Aceitam-se sugestões de quem já lá tenha ido.

Grazzie mille!
Semeado por alaranjacorderosa às 17:05
tags:

12
Mar 11
Uma no Sal, outra na Boavista.

Porque as cadeias hoteleiras perceberam o potencial do arquipélago que já foi nosso, e resolveu apostar forte em coisinhas de qualidade para nós!!

Ora a Riu já lá tinha dois na ilha do Sal (o Riu Funaná e o Riu Garopa), e em fins de 2009 abriu outro na ilha da Boavista (o Karamboa). Como eles gostam de tudo aos pares, lá fizeram um outro na Boavista, com abertura prevista para este Verão.




                
Ladies and Gentlemen, o Riu Touareg:
Fotos ainda poucas e em maquete...

                                                
Este resort de all inclusive vai ter 5 restaurantes, uma piscina com jacuzzi, aquecida no Inverno, três piscinas de água salgada, SPA, ginásio e hamman. A novidade prende-se na separação entre a Family Zone e a Classic e a zona só de Adultos. Não, não vamos ter shows de striptease. A única diferença é que as famílias ficaram alojadas na zona "familiar", cujos quartos se localizam bem mais perto da zona infantil.

Esta zona conta com 547 quartos duplo (os classic), 27 suites e 106 quartos familiares, todos perto da piscina infatil e zona de jogos.
A zona só para Adultos, é a que fica mais próximo da praia, com 185 quartos duplos e 16 suites, e os clientes desta área terão alguns benefícios:
- reposição do mini-bar e da garrafeira disponíveis nos quartos;
- restaurante gourmet à la carte
- piscina de água doce exclusiva com jacuzzi integrado
- bar na piscina próprio com bebidas e snacks durante o dia e digestivos e aperitivos antes e depois do jantar
- zona de wireless  LAN no bar da piscina, gratuita
- preferência de reservas no SPA.

Obviamente que tudo isto se paga mais caro que um quarto na zona Family. A questão é: querem ouvir os gritos das criancinhas enquanto elas correm para a piscina e saltam para fazer um canhão e molhar toda a gente em redor?

Aguardo a volta dos primeitos turistas para saber tudo ao pormenor...


O outro mimo que vai abrir este Verão, desta vez é no Sal, e da cadeia Meliá: O Meliá Tortuga Beach:
Este vai contar com alojamento de várias categorias, como villas residenciais, quartos standard e suites, family suites e villas de 3 dormitório.
Vai funcionar também em all inclusive, oferencendo 4 restaurantes, duas amplas piscinas. piscina de crianças. ginário e o Yhi SPA.
A decoração é mais sóbria, ou não se tratasse de um Meliá, este de 5 estrelas, portanto estamos com expectativas altas!!!
A partir de Maio já terei mais opiniões sobre ele...



                                                                                                    





Semeado por alaranjacorderosa às 14:14

15
Nov 09
Ora hoje vou aqui mostrar as belezas da fantástica cidade que é Barcelona.
Visitar Barcelona é daquelas coisas que toda a gente deve fazer, pelo menos uma vez na vida. Aliás...deve ser plantar uma árvore, escrever um livro, ter um filho e.... ir a Barcelona, hehehe.
Aproveitei uma daquelas promoções espectaculares da Ryanair lá fui eu por 10,00€ a Barcelona!
O mal destas promoções é que nunca dá para conjugar os melhores horários, e, como tal, o voo de ida foi ao cair da noite e o de regresso a meio da tarde..conclusão, tive que fazer o impossível: conseguir ver tudo o que de importante a cidade tem...em apenas um dia e meio!
Não foi fácil, confesso, mas deixei pouca coisa para ver (pouca daquilo mais óbvio, porque a oferta da cidade não se esgota...). Também o que vi/visitei foi durante o tempo apenas suficiente para admirar durante 15 minutos e tirar 20 fotografias em cada local. Com muita pena minha ficaram por visitar o Museu de Arte Egípcia, e a parte do porto de Barcelona, com os restaurantes e os bares.
Mas vamos ao que interessa: as fotos do que de mais bonito há em BCN e um mini plano de viagem...
Ao chegar ao aeroporto de Girona convém comprar logo o bilhete de ida e volta para a cidade, por cerca de 24€. E preparem-se para cerca de uma hora e tal de viagem.... Chegados à estação de camionetas de Barcelona podem ir de metro ou de taxi até ao hotel. Como já era super tarde  não me apetecia andar perdida atrás do metro (que descobri no ultimo dia que a paragem era quase ao lado! da estaçaõ) fomos de taxi até ao hotel. Mas o metro é a melhor solução:

O importante é comprar uma senha de 10 viagens do metro. São cerca de 7,50€ e abrange quase toda a cidade. É super rápido, (no máximo esperei 5 minutos entre um metro e outro) e fica bem mais económico do que andar de táxi. Para quem se pergunta sobre os autocarros, esta senha também é utilizável nos bus de barcelona, que são o único meio de chegarem ao Parque Güel. Mas já lá chegamos....

Ficamos alojados mesmo no bairro gótico, já que, como era um pequeno city break, eu queria perder o menos tempo possível me deslocações... O hotel Gótico 4*, onde ficamo alojados, é mesmo dentro do bairro gótico, muito bem localizado e com muito bons acessos. Basta descer a rua que temos logo a estação de metro Jaume I. Este é um 4* da cadeia Gargallo, mas como me apercebi depois, poderia ter ficado no Suizo, que é um 3*, mas muito semelhante....que os 4* europeus, principalmente no centro das cidades históricas deixam um pouquinho a desejar. O hotel Suizo 3*, fica mesmo em frente à paragem do metro, e tem ao lado uma bomboneria.....que nem conto, porque tem coisas tão boas que chegam a ser pecado!!
Como já chegamos à noite, fizemos o check in e saimos para jantar por ali mesmo. Entramos numa espécie de Pans & Companie, mas que era tão mau, tão mau, que ficamos cheios de fome na mesma... O que vale é que há sempre sitios com pizzas ou hamburgers... Depois da barriguinha cheia e como já começava a ficar muito tarde para passearmos pelas ruas escuras resolvemos ir descansar para o hotel e planear o dia seguinte.
Saímos muito cedo do hotel para podermos aproveitar bem todos os minutos daqueles dia.
1ª paragem - Sagrada Família

Iniciado em 1882, este templo é conhecido como a Igreja Inacabada, e os seus andaimes são tao famosos como o seu arquitecto - Antoní Gaudí. A entrada custa cerca de 20,00€ mas já inclui a casa-museu do Gaudí (no Parque Guell), por isso façam um esforço na carteira que vale bem a pena, garanto!



Depois de vermos toda o interior da igreja (que desilude um pouco por ter ainda tanta coisa inacabada), tendo sempre em atenção para não tropeçar em nenhum andaime (hehehe), chegamos a um mini museu sobre a catedral. Aí vemos toda a história da sua construção, os desenho origianais dos arquitectos e explicações de como o Gaudí se inspirava em formas da natureza para cricar aquelas colunas e aquelas abóbadas... Imperdível mesmo!
Quando saimos novamente para o exterior, ficamos ainda de boca aberta com as fachadas e os 3 pórticos... Lindos, mesmo.... E nem imaginam a quantidade de chineses com a máquina a tira-colo que estavam lá....daquilo que só mesmo em filme...hehehe.

2ª paragem - Casa Batló
Ora como já tinhamos na mão a entrada para a casa-museu decidimos ir já para lá directos....Mas como?
Mesmo em frente à Sagrada Família existe um porto de turismo. Fui lá e comprei um daqueles mapas turísticos que dão imenso jeito, principalmente porque também trazem no verso um mapa do metro. Mas infelizmente o parque não é no centro da cidade, e o metro não cobre o monte onde ele se situa. Tivemos que apanhar o metro até ao Passeio da Gracia e daí apanhar um autocarro cuja última paragem é o parque. Chegados ao Paseío da Gracia (com muita lojinha onde me poderia perder....e empobrecer também, não fosse esta avenida repleta de loja chiquiiiiissimas), mesmo em frente á paragem do autocarro demos com a Casa Batló. Estavamos tão mesmo em frente que só a vi quando resolvi levantar os olhos do mapa e dizer "oh pá...aqui diz que é nesta avenida, mas não sei se é ,muito mais para cima ou para baixo...". E pau!! Lá estava ela....magnífica!
                                                
Não entramos para ver porque havia fila (como em tudo em Barcelona) e tinhamos medo de demorar muito tempo....e havia ainda tanta coisa que queriamos ver.... Tiramos umas fotos à fachada e regressamos à paragem do autocarro.

3ª paragem - Parque Güel
Não existem paavras que descrevam este parque...se a Sagrada Família era imponente, é realmente maravilhoso ver o cunho de Gaudi numa obra tão grandiosa. Tudo no parque é forrado a mosaicos, cada reentrância lembra o torso de uma árvore centenária....e para além de tudo isto, uma vista magnifica sobre a cidade desde a Gran Plaça Circular. Ahhh, é imperdível tirar uma foto ao lado da fonte do lagarto....

                  

                 
Depois de descobrir todo um mundo fantástico, fizemos uso do bilhete adquirido na Sagrada Família e fomos visitar a Casa-Museu de Gaudí, onde se podem admirar móveis e desenhos feitos por ele.

Voltamos de autocarro para o Passeio da Gracia, e resolvemos sair mesmo no início da aevnida para a irmos admirando a pé....até chegarmos a uma das melhores obras do Gaudi, pelo menos na minha opinião. A Casa Milá, também conhecida como La Pedreda. Imaginem uma casa, sem linhas rectas. Conseguem? Pois esta é assim. Infelizmente não conseguimos entrar (os pisos de cima e o telhado pagam-se) porque a fila para entrar dava quase a volta ao quarteira! E não estou a exagerar!!

5ª paragem - Montjüic
Montjuic é o ponto mais a sul do centro de Barcelona. Fica mesmo no alto de um monte e existem duas opções para se chegar lá: ou de teleférico, desde a praça de Espanha, ou de autocarro. Obviamente o teleférico é bem mais interessante e bem mais rápido porque vai em linha recta, enquanto que o autocarro tem que ir dar a volta toda ao monte até chegar ao topo. Como tive muita sorte tive que ir de autocarro, uma vez que o teleférico estava em manutenção :(
Foi aqui em Montjuic que se realizou a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de 1982, no estádio olímpico que hoje é casa do clube Espanyol. O estádio estava aberto e deu para irmos espreitar à borla!! Descendo o monte a pé deparamo-nos com a Torre Calatrava. A mais bonita torre de telecomunicações que eu já vi.....



Até que vamos dar ao Palácio Nacional de Barceloina, de onde surge uma escadaria imensa a culminar na praça onde fica a Fonte Mágica.Esta fonte, tem a particularidade de, durante os meses de Verão, e a certas horas prá-estabelecidas, dar um espectáculos de efeitos de água e luz, em conjunto com música que sai de uns grande altifalantes situados ao lado. Só pude ter conhecimento disto pelo Youtube já que quando eu fui não havia espectáculo nenhum :(
                   
   



6ª paragem - Camp Nou
Bom, lá viemos nós a descer por ali abaixo até virmos dar novamente á Praça da Catalunha, onde apanhamos o metro para irmos espreitar o Camp Nou. Sim, que não se pode ir a Barcelona sem ir ao mítico estádio do F. C. Barcelona..... E calhou logo em dia de jogo.
Vocês não podem imaginar a loucura que é em torno do estádio.... Gente e mais gente e mais gente à porta....achava eu que esperavam que os portões abrissem....naaa, eles já estavam abertos, só que todos esperavam na mesma nos passeios. E, de repente, percebi porque. Toda a gente fica à espera de ver os jogadores a entrarem no estádio.... Cada carro que passava, fosse com o massagista, com um jogador, com um técnio ou dirigente é festa na certa. Tudo batia palmas, tudo gritava....enfim, a pura da loucura. Não ficamos para assistir ao jogo, mas vale muita pena ir lá cheirar um pouco daquela atmosfera. Tudo em Barcelona pára quando o Barça joga....incrível.

E como o dia (pelo descrito acima) foi terrivelmente cansativo, resolvemos voltar ao reposo do hotel. Jantar por ali mesmo no bairro gótico. As casas das Tapas são de chorar de tão boas que são...um pouco caras, mas valem a pena. O que vale mesmo, mesmo a pena, em relação de qualidade preço é a paelha. São cerca de 20€ para duas pessoas e vem muito bem servidas.
Andamos um pouco pelo bairro e fomos ao Raval, o bairro ao lado do Gótico, agora famosos pelas inúmeras galerias de arte. Acabamos por parar num bar brasileiro(!) a beber uma caipirinha...muito bom. Havia muita gente pelas ruas, a cidade não pára. Poucos bares naquela zona, mas muitas festas à porta fechada....
Caminha, que já se fazia tarde, tinhamos andado kilómetros e o dia seguinte seria também sempre a abrir, já que era o último.

7ª paragem - Bairro Gótico
De manhã fizemos o check-out do hotel e fomos conhecer o bairro gótico. Muito bonito, em certas zonas fez-me lembrar o centro histórico de Braga, não sei porque, principalmente perto da catedral.



Ruas estreitinha, antigas, pitorescas....e uma invasão de lojas de chineses, que não lembra ao menino Jesus. Sim, eles ocuparam o centro histórico de Barcelona.....ou melhor, invadiram, lol.
Fomos em direcção à Praça da Cataluña (onde se pode parar para uma foto à porta do Hard Rock Café), onde se iniciam as Ramblas, a verdadeira essência de Barcelona.



A avenida que culmina na Praça de Espanha é a mais famosa da cidade, e merce bem essa distinção. Tudo acontece naquela avenida. Lojas, restaurantes, hotéis, galerias e a azáfama citadina que se funde com os mimos, os músicos e o mercado de La Boqueria.



La Boqueira é assim tipo o nosso mercado do Bolhão. Vende-se de tudo, mas mesmo de tudo, lá dentro. Entra-se e sente-se logo o cheiro a fruta... As bancas com os frutos fresquinhos estão logo ali, coloridas, à entrada. E não podemos prosseguir sem comprar um sumo de fruta natural por 1€....são mesmo muito bons. Seguem-se os frutos secos, os talhos, as flores....enfim, um sem número de baquinhas por onde nos perdemos facilmente e que abrem o apetite. talvez por isso também não faltam lá dentro uns snack-bars impovisados para saciar o apetire ao turista....

E assim culminou a nossa visita relampago a Barcelona. Que a única coisa que deixou foi o desejo de voltar e por mais tempo. Ficou ainda muita coisa para ver, principalmente a parte do Porto de Barcelona, onde se desenrola a verdadeira vida noctura. Imaginemos assim umas Docas....onde ficam muito bons restaurantes e os bares a bombar a noite toda :P
Mas como fomos pela Ryanair, tivemos que apanhar o bus de volta a Girona, e ainda são uns cento e pouco kilómetros até ao aeroporto.... Lá passamos o apertado controlo do aeroporto (tive que me descalçar imaginem) e voamos em direcção ao Porto....

Saudades de Barcelona......


Semeado por alaranjacorderosa às 21:44

18
Out 09
Está quase a abrir o mais novo hotel TI da ilha da Boavista, em Cabo Verde, da famosa cadeia Iberostar.
Já vi as fotos no site e parece-me muito bem, com cerca de 263 bungalows, distribuidos por uma área enooooorme, mesmo em frente à magnifica praia daquela ilha. A decoração dos quartos, a julgar pelas fotos abaixo, está muito bonita, bem diferente dos quartos do Riu, bem mais "pesados" na minha opinião. 
E já que falo no Riu, e porque o feedback, por razões óbvias (abriu há um ano) tem sido muito bom, não sei porquê, continuo-o a achar mais bonito e airoso no geral, que este Iberostar.... Também as fotos deste bébé da cadeia ainda são muito poucas para ter uma opinão bem formada.







Como não podia deixar de ser, os hópedes terão à disposição um serviço de tudo incluído com a boa qualidade desta cadeia internacional, com restaurantes buffet, para não perdermos muito tempo, e à la carte, para os mais exigentes.


A animação será constante, com programas diários para adultos e crianças durante o dia e a noite....muitos bares para apreciar um cocktail mesmo ao lado da piscininha....hmmm bem bom.
A abertura está prevista para dia 07 de Dezembro, mesmo a tempo da passagem de ano. A Entremares já está com uma promoção para este Iberostar por 1.075,00€ por pessoa em duplo, com tudinho, tudinho incluido, para partida a 27 de Dezembro.

Uma forma bem boa de passar o final de ano ao sorna da morna, não?....
Semeado por alaranjacorderosa às 12:24

Armazém da fruta
Procurar a semente
 
Ecce Laranja
Gominhos visitantes
conter12
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


blogs SAPO